Últimos Vídeos
Vida Real

Verdades para quem sonha em comprar o apê próprio

Foram muitos e muitos episódios de “Irmãos à Obra: Compra e Venda” até decidir ter um lar para chamar de meu @jardimnocimento! hahaha E se eu consegui, por que não acreditar que você também consegue?!

Eu até imagino algumas pessoas lendo essa introdução e pensando: ATA! Minha gente, eu não to de sacanagem não. Até outro dia, quando alguém me questionava sobre comprar um imóvel, minha resposta imediata tinha sempre a palavra: impossível! Eu simplesmente não conseguia imaginar tamanha façanha dentro do meu orçamento e da minha vida. Daí que, quando você coloca uma coisa na cabeça e decide que vai fazer dela uma realidade, com muita pesquisa, planejamento e, é claro, dedicação, a gente manda um beijo pro “im” e deixa só o “possível”! Vai vendo…

Como, onde, por que?

Sério, se a resposta para essas três perguntinhas não estiver na ponta da sua língua, concretizar a compra de um imóvel pode ficar complicado. É preciso ter noção de como essa compra seria feita: à vista? Financiada? Com outro imóvel como parte de pagamento? Aí é preciso decidir qual será o lugar que servirá como resposta quando alguém te perguntar: qual é seu endereço? (ninguém merece errar nesse tipo de decisão. Uma apartamento não é o tipo de coisa que rola decidir trocar por outro com facilidade!). Por último, você precisa sacar se esse é mesmo o momento ideal! Os outros planos que envolvem morar fora, experimentar morar sozinha ou com amigos, testar locais e cidades diferentes estão mesmo fora da jogada por um bom tempo?!

Cadê a grana?

Minha gente, a verdade é que se você não é ryca (se for, mara! Não sinta pudores por isso!) ou vai ganhar esse lar de presente dos pais/tios etc, se programar é a única saída. Vale juntar grana para o valor total (essa alternativa sempre demora mais!) ou guardar dinheiro para dar de entrada e financiar o resto com o banco. Essa opção também é legal para quem tem trabalho com carteira assinada e pode usar o fundo de garantia (grana que o empregador deposita mensalmente na Caixa Econômica Federal referente a 8% do valor salarial. É lei e todo mundo tem direito!) como parte do pagamento. Vai vendo: se você já sabe como, onde e porque, essa opção de parcelas pode acabar saindo até mais barata do que você pagaria mensalmente para um aluguel!

Ok, mas por onde começar?

Essa é bem fácil: encontrando o seu lar ideal. Sério! Baseada numa média de valor que você espera pagar, pesquise muito! Sites de busca como ImóvelWeb e Zap Imovéis ajudam demais. Ou, como rolou comigo, sair andando pelo bairro que escolheu de olho em toda e qualquer placa de “vende-se” é uma boa. Fato é: não adianta fazer mil contas, simular o financiamento ou ir atrás de documentações caso você ainda não tenha escolhido o apartamento!

Alguém me ajuda?

Opa! E se ajuda! No caso da compra à vista, o corretor é o cara! Mas pra quem pretende ir de financiamento, existem correspondentes bancários que trabalham justamente para isso! Esses profissionais que são contratados por quem tem a intenção de comprar, podem ser responsáveis por todo o processo de financiamento imobiliário, desde a coleta de documentos e análise do financiamento até o acompanhamento da assinatura do documento no banco. Ou seja: do começo ao fim!

Lá vai a diquinha extra!

Em quase 100% dos casos, o primeiro valor que você vai ouvir para o local que escolheu não será o valor final. Minha gente, a pechincha imobiliária funciona melhor do que barganhar na barraquinha de frutas da feira! hahaha Por ser um bem de alto valor, rola pedir desconto, chorar mais um pouquinho, tentar mais uma vez… É claro que ter bom senso e sentir qual é a do vendedor é sempre importante, mas para prédios novos, por exemplo, vale pesquisar quantas unidades já foram vendidas e quantas ainda estão para vender. Se o segundo número for mais alto, pode pedir desconto sem medo de ser feliz! =)

Antes de terminar esse post cheio de texto, preciso lembrar de mais uma coisa: comprar um imóvel é coisa de gente grande sim! É preciso ter conta no banco, comprovação de renda e mais um monte de outras burocracias que compravam suas possibilidades de compra. E mesmo para quem não precisa passar por todo esse processo de financiamento: reformar, mobiliar e decorar são outras responsabilidades das grandes. Mas a gente deixa esses assuntos para um próximo post. Alguém quer?
Beijos, beijos

24 Comentários
Beleza

Testados: Bepantol® Derma Regenerador Labial

Olha, para mim, poucas coisas são tão maravilhosas nessa vida do que estar com a pele boa!

Só que né, a não ser que você tenha muuita sorte, é preciso cuidar, cuidar mais um pouquinho e cuidar de novo para que a pele do rosto esteja sempre bonita e saudável. Eu sou a louca do creme (vocês sabem! hahaha) e adoro meu ritual sagrado de limpeza e hidratação. Se fiquei feliz ao receber em casa o Bepantol® Derma Regenerador Labial? Opa! hahaha 

A promessa: Bepantol® Derma Regenerador Labial hidrata, repara e protege os lábios. Possui alta concentração de dexpantenol (Pró-Vitamina B5), que estimula a renovação celular natural da pele e possui efeito reparador, hidratante e embelezador.

Primeiras Impressões: A embalagem é pequena (lembra a de um gloss) e cabe super na bolsa. Adorei saber que o produto não tem cor e confesso que quase não senti gosto ou cheiro. Ou seja:maravilhoso para usar batom depois, por exemplo.

Usei durante 3 semanas seguidas duas vezes por dia e fiquei impressionada com a mudança dos meus lábios. Nunca tive essa região muito ressecada e sempre achei que ela era bem ok. Mas agora, vendo a diferença, entendo que a realidade não era bem essa! hahaha Gostei muito mais do resultado final ao usar batom líquido.

O veredito: Bom de verdade! Recomendei para algumas amigas e elas sentiram a mesma diferença que eu. Dica: uma camadinha fina já é suficiente!

E aí, o que acharam? Alguém já usa o produtinho? Bepantol® Derma Regenerador Labial é vendido em farmácias e drogarias e custa, em média, R$32. Espero que tenham gostado da dica e me contem aqui nos comentários quais cuidados mantêm com a pele do rosto!
Beijos, beijos

5 Comentários
Beleza

16 ideias de acessórios lindos para usar no cabelo

Já nos apaixonamos pelos laços, pelas coroas de flores, pelas bandanas… Mas eu juro que as ideias desse post vão ser bem diferentes de tudo isso!

Minha mãe conta que, quando eu era criancinha, bastava ela colocar uma mini-presilha no meu cabelo para, em 5 minutos, ver o enfeite sendo arrancado e destruído por mim. Sempre odiei ter qualquer coisa na minha cabeça, é verdade! Sei lá, mexo muito nos fios para que algo esteja ali impedindo o movimento. Até que… minha vida mudou! hahaha

Descobri o poder que um bom acessório de cabeça tem quando usei, pela primeira vez, uma presilha dourada com pedrinhas. Me senti linda, me senti fashion. O mais legal? Não, isso não tem nada a ver com os dias de festa. Dá pra transformar o look jeans com camiseta em algo muito mais elaborado investindo num enfeite de cabeça!

Fotos: Pinterest

Quer tentar?

Separei alguns acessórios bem lindões que vão deixar seu penteados bem Pinterest!

1. Grampo borboleta – Bijoulux – R$19,90
2. Pente estrelas – Can-Can Acessórios – R$139
3. Tiara de folhas – Turpin – R$130
4. Headband de correntes – Amo Muito – R$25,99
5. Grampo de estrela do mar – Can-Can Acessórios – R$59
6. Fivela de pérolas – The Beauty Box – R$24,90
7. Pente de folha – Turpin – R$29
8. Presilha margaridas – Lool – R$249
9. Elástico de spikes – The Beauty Box – R$24,90
10. Presilha de estrela – Turpin – R$19,90

Prometo voltar aqui com um look em que eu esteja usando acessório de cabelo. Quem quiser, também pode deixar aqui nos comentários dicas de lugares legais para comprar tiaras, presilhas, headbands…Vou amar demais!
Beijos, beijos

11 Comentários