Últimos Vídeos
Continua...

Parte 11: a redescoberta

blogok

Páginas em branco. Meus dias estão parecendo páginas em branco.

Desde aquele encontro inesperado na sala de emergência do hospital, não existem letras ou palavras possíveis de preencher as linhas em branco dentro do meu pensamento.

Sim, eu fui “comer alguma coisa” com o Padre que, agora, 7 anos mais velho, perdeu o apelido e aprendeu a abrir a gola de suas camisas. Alias, o Rafa aprendeu outras coisas com o tempo também.

Ser fofo.
Saber dizer o que uma garota precisa ouvir. Na hora em que ela precisa ouvir.
Dar a piscadinha discreta com o olho direito mais sexy que eu já vi.
Montar blogs (ele é tipo um nerd da internet).
Ser cheiroso.

Foram as 2 horas mais rápidas que já vivi. Depois de toda a confusão com o meu ex namorado, com a minha ex melhor amiga e, é claro, com o filho que agora eles esperavam, esqueci de mim. Deixei pra lá os meus sentimentos e passei a enxergar as coisas como se estivesse dentro de um filme em que não sou protagonista. Há muito tempo, eu vinha sendo figurante da minha própria vida.

Mas ali, sentada num café com o cara que, anos atrás, me deu de presente o primeiro beijo da minha vida, voltei ao papel principal. Contei sobre o dia em que decidi pintar as pontas do cabelo de azul, sobre minha paixão ainda secreta por fotografia, falei sobre os últimos livros que li e sobre os que ainda quero ler. Mostrei uns textos antigos que estavam salvos no celular e ri quando ele disse que a minha roupa parecia uma combinações digna de seriado gringo. Era só meia calça azul com saia de bolinhas.

“Você devia ter um blog, Chris. O mundo precisa saber o que se passa dentro dessa sua cabeça maluca.Vou te ajudar a fazer um, quer?”

O meu sim foi meio torto, confesso. Mas a verdade é que preferi ser discreta a demonstrar toda a vontade que senti na hora.
Me despedi e fui embora.

Fazem 5 dias que nada acontece, o Rafa não aparece e tudo o que eu sinto é o restinho de perfume dele que ficou na minha blusa.

Como o Rafa deve aparecer?

Carregando ... Carregando ...

32 Comentários
Comentários

  1. clara • 01 de fevereiro de 2014 • 23:27

    karol amo a historia, pq vc ñ faz um livro?
    vc tem muito talento!

  2. Bia Saade • 02 de fevereiro de 2014 • 00:14

    Karol, gostei muito! Já estava a muuuuuito tempo esperando o “Continua…”, que é uma das minhas partes favoritas do blog! Continue com o “Continua…” (hehe) que vira livro!
    Queria te dar os parabéns pelo blog (coisa que já deveria fazer a muuuito tempo)! Você é incrível, me deu a vontade e curiosidade de aprender mais sobre make, produtos e truques que fazem eu me sentir mais bonita e confiante! Obrigada por mudar a minha vida! Te amo!
    Beijos! :)

    • Resposta da Karol Pinheiro • 03 de fevereiro de 2014 • 13:58

      Haaaa que comentário lindoooooo! É bom demais saber que inspiro uma garota tão legal como você a querer saber mais sobre as coisas!

      • Bia Saade • 03 de fevereiro de 2014 • 14:13

        Karol, quer me matar? Eu já quase tenho um ataque quando você me responde, agora você responde assim? Quase chorando aqui! <3
        Beijos! :)

  3. yohana cordeiro • 02 de fevereiro de 2014 • 10:41

    Amei! “Continua…” é minha parte preferida do blog ja to curiosa pra ler a proxima parte. Bjos

  4. Juu-Chan ;3 • 02 de fevereiro de 2014 • 11:58

    Sou uma leitora bem recente daqui, mas só de ler somente um capítulo, me apaixonei! Devias escrever um livro, Karol! <3 Ah e, já votei :3

    Um grande beijo,

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

  5. Maria Luisa • 02 de fevereiro de 2014 • 13:46

    Karool, eu já estava morrendo de ansiedade pra ler a parte 11 e mal posso esperar pra ler a parte 12.. *–*
    sua história fica a cada dia mais emocionante, ela me prendeu de uma forma que não sei explicar, haha’
    faça um livro dela, por favor, kkkk
    beijos, te adoro (:

  6. Ludmilla Rodrigues • 02 de fevereiro de 2014 • 16:01

    Seus contos são tão maravilhosos deveria escrever um livro Ká ♥

  7. Anna • 02 de fevereiro de 2014 • 18:31

    Vc sabe escrever mt bem Karol!!! Fazia tempo que vc n postava um conto. Esse foi demais! Bjjjs

    http://gossiptypewriter.wordpress.com/

  8. clara • 02 de fevereiro de 2014 • 22:48

    karol faz um post sobre as suas lojas online favoritas!

  9. Bianca Corrêa • 03 de fevereiro de 2014 • 11:11

    Karol do céu que loucuraa, achei que não ia mais continuar eu estava super anciosa para a continuação. Seriooo, você me surpriendeu novamente. Parabens…

  10. Camila Santos • 03 de fevereiro de 2014 • 13:21

    Ok, Karol, eu amo seu blog, mas admito que sempre tive preguiça de ler seus contos. Mas entrei no blog e dei de cara com a parte 11 e comecei a ler. Meu Deus, me apaixonei! hahaha Li já as 10 partes anteriores e estou ansiosa pra décima segunda! Parabéns, Karol!!

  11. Thaís da Silva • 03 de fevereiro de 2014 • 13:31

    tava com saudades do Continua…

  12. Amanda • 04 de fevereiro de 2014 • 14:07

    Adorei a sua história, mal posso esperar pela parte 12, hehe

  13. Camila • 04 de fevereiro de 2014 • 19:33

    Karol, eu também entrava todos os dias no site ansiosa para ler a parte 11 e até que enfim você escreveu *—*, tem talento, parabéns continue assim :)bjus

  14. luana • 05 de fevereiro de 2014 • 14:21

    amei essa historia,foi de mais!quando sai o capitulo 12?
    voce me fez com q eu me colocasse no lugar de meninas que tbm podem estar passando por isso,e ñ virar as costas só pq ela esta gravida,e sim ajudar.já fui traida uma vez e ñ foi legal,pude tbm me identificar com algumas partes da minha vida,coisas q vivi e poderia ter agido de outra forma,se eu tivesse achado seu blog antes de tudo acontecer!grande bj,vou esperar pra o capito 12 em!

  15. bruna • 06 de fevereiro de 2014 • 14:35

    oi karol,bom preciso de sua ajuda essas ferias achei um menino perfeito ele e meu vizinho de casa da praia ele e #pft e tipo acho que to afim dele e n sei se ele ta afim de mim e tipo eu prciso de ajuda pf !!!

  16. \#Selenagomes • 06 de fevereiro de 2014 • 14:50

    oii loved your blog achi pop mt + d

  17. Maria Antônia • 09 de fevereiro de 2014 • 13:05

    Ka tenho 11 anos e amo d+ seu blog, pq não faz um livro? Ia ser d+; posta logo a parte 12