Últimos Vídeos
Beleza

Testados: Base Pure Makeup, da Maybelline

Esses dias, uma amiga me recomendou a base Pure Makeup, da Maybelline. Ela disse que a textura e a cobertura lembravam muito as da base Dior Skin Forever, minha preferida para todo o sempre amém.
Acontece que o modelo da Dior saí, em média, R$220. Ou seja: não rola usar todo dia. Já essa base Pure custa, em média, R$29,90.
Resolvi comprar na cor 20 Beige Claro e testar.

base2

base1

base3
O que a marca promete: perfeita para você que possui pele oleosa, ela é leve e contém ácido salicílico, que ajuda a combater as imperfeições da pele mista ou oleosa. O resultado é uma pele perfeita e sem brilho!

Minhas impressões: Obrigada, Maybelinne, pela graça alcançada. Funciona e funciona mesmo! Tenho a pele mista e consegui um resultado sequinho o dia todo. Isso sem falar que, com uma única passadinha usando os dedos mesmo, a cobertura fica realmente poderosa e natural. Gostei tanto que comprei o pó da mesma linha e pronto: achei a minha dupla perfeita para o dia a dia.

Alguém já usou? Tem algum outro produtinho que gostariam de ver aqui no Testados?
Conta pra mim nos comentários!
Beijos, beijos
assinatura2

60 Comentários
Moda

Look da Ka: jaqueta militar

Aproveitei o friozinho que rolou esses dias em SP para usar minha nova paixão/aquisição: a jaqueta militar.

lookbrecho1

Queria muito um modelo mais compridinho, sabe? Acho que, assim, fica mais legal com saia e legging. Já usei essa jaqueta várias vezes e, por ser bem neutra, sempre funciona com combinações diferentes.

Dessa vez, escolhi o tricô de morcego (a Alexa Chung tem um beeem parecido!!!) e a saia floral para montar o look. Atenção total para o óculos de sol em formato de coração: roubei da Manu Gavassi!Hahaha Não contem pra ela, por favor!

lookbrecho3
lookbrecho4
lookbrecho2

1. Óculos de coração – da Manu Gavassi haha
2. Jaqueta militar – Renner
3. Tricô de morcego – Loja Emme
4. Saia floral – Forever 21
5. Bolsa de couro – Brechó em Buenos Aires
6. Cuturno vintage – Dr. Martens

22 Comentários
Fofuras, Moda

Minhas tatuagens

Comecei quando tinha 17 anos. Fui com a minha mãe (sim, ela curte e sempre curtiu) num estúdio de tatuagem e decidi fazer a primeira. Na época, as estrelas estavam bombando e eu, bom, eu resolvi que minha nuca deveria abrigar uma.

Sabe, não sou megatatuada (aliás passo longe disso), não gosto de cor e, até agora, só tive coragem de fazer contornos. Mesmo assim, como muitas meninas perguntam sobre minhas tattoos, resolvi fazer esse post.
Não acho que você precise se tatuar para expressar quem é. Rola, tranquilamente, fazer isso com uma peça de roupa ou um corte de cabelo. Mas, ao mesmo tempo, acho que quando você decide marcar seu corpo com algo que, na teoria, deveria ficar lá para sempre, está, sim, dando o seu recado ao mundo.

tattoos

A estrela vocês já sabem. Os corações no pulso foram feitos separadamente. Primeiro o da direita e, 2 anos depois, o da esquerda. Aí foi o coração do braço. Esse fiz durante uma viagem em NY. Estava com uma amiga muito, muito, muito especial pra mim e achei que seria legal para lembrar de todo o amor e vibe incrível daquele momento. Por último foi a vez do heart/mind. Rolou esse ano, depois de uma fase bem maluca com a mudança e meu primeiro ano morando sozinha. O significado está meio na cara, né?!

É isso. Curtiram?
Alguma de vocês tem ou sentem vontade de fazer tatuagens?
Conta pra mim!

48 Comentários